Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Janeiro 2018
DomSegTerQuaQuiSexSab
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031   

Calendário Calendário

Últimos assuntos
» [Android] Pacote de Emuladores Android (07-02-2017)
por willk Sex 29 Dez 2017, 1:38 am

» JXD S7300b - Temperatura elevada (será que é a bateria esquentando)?
por Dcnautamarvete Sab 16 Dez 2017, 12:52 pm

» Review: Wintel CX-W8 Pro
por tiagao_extremo Qua 15 Nov 2017, 4:51 pm

» Como compactar o Windows 10 (Compact OS)
por ripman Ter 14 Nov 2017, 6:48 pm

» [TUTORIAL] Como instalar a ROM de fábrica/Custom ROM no GPD G7
por eduardo.oc Seg 23 Out 2017, 3:05 pm

» Jogos de Windows (Desktop) Testados no Wintel CX-W8 Pro
por tiagao_extremo Ter 05 Set 2017, 8:18 am

» Drivers para Minix Neo Z83-4 (Download)
por Zolini Seg 28 Ago 2017, 11:29 am

» Onde conseguir um bom portátil "retrogame"?
por Robert-01 Sab 19 Ago 2017, 5:00 pm

» O aparelho Pap kiii ( pap k3)é bom?
por edilaq Qua 16 Ago 2017, 11:55 am

» Placas Embarcadas
por LonelyEagle Sex 04 Ago 2017, 8:24 pm

» Pando é o emulador de 3DO para Android
por kalib111 Seg 17 Jul 2017, 11:00 pm

» Windows 10 não reconhece Dingoo
por ripman Sab 08 Jul 2017, 11:51 am

» [COMPRO] DINGOO A320
por matheusmeneghin Sex 02 Jun 2017, 7:19 pm

» Novos Jogos de destreza e velocidade para o iOS
por GreenMonkeyGames Sex 19 Maio 2017, 10:39 pm

» Nova desenvolvedora independente de jogos
por GreenMonkeyGames Sex 19 Maio 2017, 10:35 pm


Documentação do Projeto Astoria detalha porte de apps Android pro Windows 10

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Documentação do Projeto Astoria detalha porte de apps Android pro Windows 10

Mensagem por ripman em Seg 10 Ago 2015, 6:43 pm



Abra o Spoiler
Spoiler:

Durante a conferência Build da Microsoft no início desde ano, um dos pontos mais comentados foi o porte de aplicativos de outras plataformas para o Windows 10, sendo os projetos chamados de Astoria e IslandWood responsáveis por facilitar o trabalho dos desenvolvedores de Android e iOS, respectivamente.

Ainda hoje, vimos o primeiro vídeo de um app supostamente criado a partir da ferramenta voltada para portar os clientes do robozinho verde, além de uma publicação da própria Microsoft com relação ao agora chamado de Windows Bridge, que será voltado para os aplicativos de ambas as plataformas. Com isso, não deve demorar muito até que mudanças reais comecem a ser vistas na Windows Store, não somente com relação à quantidade de opções mas também à qualidade, já que muitos apps são tidos como "abandonados" por seus desenvolvedores, como Instagram e Waze, por exemplo.

Agora, a suposta documentação do Projeto Astoria que será encaminhada aos desenvolvedores foi publicada pelo portal WM PowerUser, revelando vários detalhes de como funcionará a ferramenta de "transformação" e quais serão os passos necessários para que os aplicativos se tornem totalmente compatíveis com o Windows de uma forma geral. Vale notar que o arquivo conta com 47 páginas, sendo algo minimamente explicado para que nenhum tipo de dúvida reste na cabeça dos DEVs.

Algo que pode ser notado logo de cara é que, caso o seu app não utilize o Google Play Services, ele poderá ser inserido na Windows Store sem qualquer tipo de modificação, pois com o Windows 10 foram adicionados os arquivos necessários para que todos os dispositivos consigam executá-los sem problemas. Entretanto, se este não for o caso, será preciso fazer as alterações por meio do guia do Astoria. Outro ponto importante que deve ser destacado é que os aplicativos Android rodarão em uma espécie de sandbox chamada pela Microsoft de Pico Process, onde estarão todos os elementos geralmente vistos em um dispositivo com o sistema da Google.



Para evitar que os aplicativos sejam executados de maneira insatisfatória, foi realizada uma otimização no kernel NT do Windows 10 para que ele recebesse elementos de tradução do Linux e do Android em seu próprio núcleo, além de todo um trabalho para que os apps não pudessem criar os famosos "processos fantasmas" que tanto lotam a RAM dos dispositivos.

Ainda não há uma previsão oficial para a chegada do Astoria para os desenvolvedores, algo que deve ser feito apenas quando o Windows 10 Mobile estiver mais perto de sua versão final, permitindo assim que eles utilizem as APIs mais recentemente disponibilizadas pela companhia em sua própria plataforma.

E você, acredita que o Windows Bridge será "uma ponte para o sucesso" do Windows 10? Acha que os desenvolvedores ficarão entusiasmados com a possibilidade de levar seus serviços para um número maior de usuários com uma quantidade mínima de trabalho? Deixe-nos seu comentário abaixo!

Videos
avatar
ripman
Administrador
Administrador

Avisos :
0 / 1000 / 100

Mensagens : 2917
Data de inscrição : 19/03/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum