Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Abril 2018
DomSegTerQuaQuiSexSab
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930     

Calendário Calendário


Ministério Público sugere suspensão de taxa sobre encomendas internacionais

Ir em baixo

Ministério Público sugere suspensão de taxa sobre encomendas internacionais

Mensagem por ripman em Seg 10 Nov 2014, 4:50 pm



Desde o dia 2 de junho está em vigor a cobrança da Taxa de Despacho Postal, valor que é cobrado sobre todas as mercadorias compradas no exterior que sejam tributadas pela Receita Federal. O valor é fixo – R$ 12 sobre cada encomenda – e é cobrado a título de “cobrir custos das atividades postais”.

Entretanto, essa situação pode mudar em breve. O Ministério Público Federal de Goiás recomendou, por intermédio da procuradora Mariane Guimarães de Mello e Silva, que a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Correios) suspenda a cobrança dessa taxa.

De acordo com Mariane, a cobrança seria uma espécie de dupla taxação, não tendo justificativa plausível. “Ela é considerada abusiva, uma vez que, no ato da compra, o remetente já paga os custos do frete e demais serviços prestados pelos Correios”, destacou a procuradora em entrevista ao jornal Correio Braziliense.

A contar da data da decisão, os Correios tem agora 30 dias para deixar de cobrar a taxa ou, como medida alternativa, passar a entregar as encomendas internacionais em domicílio – quando tributadas, as mercadorias precisam ser retiradas pelo comprador diretamente em uma agência dos Correios para recolhimento das taxas.

Fonte: Tecmundo


Última edição por ripman em Seg 10 Nov 2014, 8:57 pm, editado 1 vez(es)
avatar
ripman
Administrador
Administrador

Avisos :
0 / 1000 / 100

Mensagens : 2917
Data de inscrição : 19/03/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ministério Público sugere suspensão de taxa sobre encomendas internacionais

Mensagem por tiagao_extremo em Seg 10 Nov 2014, 5:27 pm

Edita o título desse tópico antes de copiar do tecmundo. Os correios podem cancelar essa cobrança, mas não tem nada certo. Isso é apenas uma sugestão de uma procuradora. Eles podem recorrer se quiserem, ou não aceitar, alegando um monte de justificativa. Enfim, não é lei nem obrigação, então não é bom se empolgar muito.
avatar
tiagao_extremo
Master User
Master User

Avisos :
0 / 1000 / 100

Mensagens : 2540
Data de inscrição : 12/08/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum