Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Dezembro 2016
DomSegTerQuaQuiSexSab
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Calendário Calendário


Etapas na importação de uma encomenda internacional

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Etapas na importação de uma encomenda internacional

Mensagem por tardino em Sab 27 Set 2014, 5:53 pm

Olá galera , encontrei essa informações pela net e achei interessante pra galera desse fórum .

Dá pra imaginar em quantos lugares uma encomenda internacional passa até chegar as mãos do destinatário? Eu não imaginava até trabalhar com COMEX, e me surpreendi quando me deparei com isto no dia a dia do meu trabalho.

Vou listar e explicar o caminho das encomendas despachadas via serviço postal (USPS, China Post..). Courier é bem mais simples, e atípico, portanto explico em outra oportunidade.

* Lembrando que toda encomenda despachada por serviço postal chegará a sua casa por um agente dos Correios. Caso seja Courier chegará com algum agente da empresa contrata, como FedEx, UPS, DHL..)

Etapas:

1- Remetente deixa encomenda no serviço postal.

2- Encomenda pega avião rumo ao país de destino. O tempo que demora para a encomenda sair do país de origem varia de acordo com a modalidade de envio (First Class, Priority, Express). Quanto mais cara a modalidade mais rápido a encomenda sai do país de origem. Acesse aqui para ler mais sobre modalidades. Em geral encomendas dos EUA saem em até 7 após a postagem, até mesmo as de modalidade mais baratas. Já da China o envio é mais demorado, teve encomenda minha que demorou 2 semanas para sair de lá.

É normal avião de carga passar em vários países numa mesma rota, isto porque ele deixa e pega novas encomendas; com isto o tempo para o voo chegar ao país de destino acaba se estendendo.

3- Assim que o voo chega ao país de destino a encomenda é de responsabilidade da alfândega. Uma curiosidade é que você pode morar no Nordeste e sua encomenda ir para a alfândega de Curitiba. Isto porque o que define em qual alfândega sua encomenda irá passar não é o estado que você mora e sim o tipo de encomenda. Encomendas pequenas e de baixo valor declarado vão para Curitiba; encomendas de tamanho pequeno ou médio, e com valor declarado acima de 50 dólares vão para alfândega do Rio de Janeiro; e encomendas com valor declarado alto (próximo de 500 dólares ou acima) vão para alfândega de São Paulo.

4- Independente de qual alfândega vá o processo é o mesmo para todas. Primeiro a encomenda vai para a Unidade de Tratamento Internacional, “carinhosamente” apelidada pelos importadores de UTI; isto porque é nesse momento que o destino da encomenda será decidido. A decisão de qual encomenda será taxada e qual não será é por amostragem, ou seja, o fiscal da alfândega tem que escolher X quantidades de encomendas que vão para o canal vermelho. Por isso é importante que as caixas das encomendas sejam menores e mais discretas possível, porque quanto maior a caixa e mais diferente mais chamativa para os fiscais. Canal, que citei acima, é uma denominação que se refere a situação da encomenda. Existem dois canais: o verde (entrar no país sem ser taxado) e o vermelho (possível taxação).
O verde é quando sua encomenda já passou pela amostragem do fiscal e não foi escolhida para o canal vermelho, então a próxima etapa da encomenda é ir para um CEE (Centro de Entrega de Encomenda).
Caso a encomenda seja escolhida pelo fiscal para passar pelo canal vermelho é quase que certo que será taxada – cerca de 90% da encomendas que caem no canal vermelho são taxadas. No canal vermelho há o GEARA (Gerência de Atividades do Recinto Alfandegário), lá outros fiscais analisam detalhadamente cada encomenda que caiu no canal vermelho. O que é analisado:

- produtos químicos, remédios e alguns suplementos são barrados e não podem entrar no Brasil.

- se haverá taxação. Apenas encomendas de pessoa física para pessoa física, com valores inferiores a 50 dólares (produto + frete), e marcado como gift tem por lei isenção total de taxas; outras encomendas que não se enquadram nisso podem ser taxadas. *Livros, independente do valor, também não podem ser taxados.

- caso seja necessário o fiscal abrirá a caixa para averiguar melhor a encomenda.

- se o remetente despachar um produto e declarar um valor inferior ao verdadeiro o fiscal pode desconfiar e ver o valor de mercado do produto. E quem terá problema com e receita fiscal será o destinatário da encomenda, que terá que explicar legalmente o motivo do preço real estar diferente do declarado. Ou seja, não adianta comprar um Iphone e pedir para o vendedor declarar como 30 dólares.

As encomendas que caem no canal vermelho levam, aproximadamente, 1 mês a mais para chegar ao destinatário do que as encomendas que caem no canal verde. Taxadas ou não as encomendas que passaram pelo canal vermelho e GEARA vão também para o CEE.

5- No CEE as encomendas já estão nas mãos dos Correios, e irão para o estado e cidade de destino. Chegando a cidade de destino vão para uma ACF (Agência de Correios Fraquiada), a mais próxima da casa do destinatário. Se a encomenda não foi taxada o próprio agente dos Correios fará a entrega. Se a encomenda foi taxada o destinatário receberá um telegrama informando o valor da taxa e o local de retirada.

Algumas considerações:

- Grande parte das taxas é de 60% do valor do produto + frete. O que define a porcentagem da taxa é o tipo de produto e estado destinatário.

- Foi taxado e eles cobraram um valor superior ao que deveria? Você pode se negar a pagar a taxa e recorrer, porém o tempo de uma nova análise é longo (em média 2 meses), isto porque a mercadoria volta ao GEARA.

- Se você for taxado e não retirar a mercadoria em até 3 meses na ACF a encomenda volta ao remetente.

- A alfandega fica de olho em que importa e o que importa, portanto se você importa para revender e sempre em grandes quantidade é possível que um dia receba uma visita da receita para legalizar sua situação perante a Justiça – quem compra para revender precisa abrir uma empresa e pagar impostos ao país.

- os fiscais da alfândega passam por um rodízio períodico, isto para que não ocorram esquemas de proprinas e coisas do gênero.

Espero que tenham gostado do post e que tenham aprendido um pouco mais sobre importação.

fonte : http://compreinagringa.wordpress.com/2013/07/17/etapas-de-uma-encomenda-internacional/

_________________
consoles portáteis (22):
Gameboy classic ,Game boy Pocket , Game boy Color ,Game Boy Advance classico , Game Boy advance SP , Nintendo Ds Lite , Nintendo 3ds
(21)Game Gear (6 zerado, 1 com led mode , 14 em manutenção) , MD Play ,Master Arcade game , Sega Nomad .
Neo Geo Pocket ,Neo Geo Pocket Color , Wonderswan
Dingoo , Caanoo, Revo k101
PSP 3001 ,  Playstation Vita
Jxd s7800b , GPD G5A e o "poderoso Nvidia Shield"


vendidos : jxd s5110b, jxd s7300b e Yinlips YDPG 19           

consoles (2):
Nintendo Wii e XBox 360 placa jasper ...

tardino
Moderador
Moderador

Avisos :
0 / 1000 / 100

Mensagens : 554
Data de inscrição : 19/05/2011
Idade : 37
Localização : Ubatuba - SP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Etapas na importação de uma encomenda internacional

Mensagem por tiagao_extremo em Sab 27 Set 2014, 7:52 pm

Interessante. Não conhecia em detalhes toda a burocracia.

tiagao_extremo
Master User
Master User

Avisos :
0 / 1000 / 100

Mensagens : 2503
Data de inscrição : 12/08/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum